quarta-feira, 29 de julho de 2015

Torta della Nonna




Sou gulosa assumida e , para além da minha predilecção por chocolate, também sou apreciadora deste tipo de tartes. São pequenas tentações às quais não resisto.

"Torta della Nonna" ou, se preferirem ,Tarte da Avó. São tartes típicas da cozinha italiana, de origem toscana, com uma base de massa quebrada e com um leve recheio cremoso, aromatizado com limão. A receita original utiliza os pinhões (que custam os "olhos da cara"), mas eu utilizei a amêndoa e o resultado foi delicioso.









Recheio das tartes adaptado da receita do blog Adventures in Cooking

Ingredientes: (nota: 1 cháv = 240 ml)
(para 18-20 pequenas tartes)

400 g de farinha de trigo sem fermento
200 g de margarina vegetal fria em cubos
1 ovo caseiro L levemente batido
água fria q.b

1 chávena de amêndoa laminada (demolhada em água cerca de 5h)
1 e 2/3 de chávena de leite meio-gordo
1/2 chávena de natas
2 c. de sopa de mel
100 g de açúcar baunilhado
1 c. de sopa de sumo de limão
raspa de 1 limão pequeno
4 gemas de ovos caseiros
3 c. de sopa de farinha

amêndoa laminada
açúcar em pó para polvilhar



Preparação:

Untar e polvilhar de farinha, as formas para as tartes. Reservar.
Numa tigela grande, misturar a farinha com a margarina com a ajuda dos dedos até o preparado ficar semelhante a migalhas.
Incorporar o ovo, misturar bem e adicionar água fria suficiente para unir a massa e esta ficar moldável. (nota: se preferir pode fazer a massa num robot de cozinha)
Levar ao frio cerca de meia hora.
Estender a massa (não muito espessa) e forrar as formas com a mesma.
Tapar e levar ao frio mais 30 min.
Levar as bases das tartes ao forno a 190 ºC (pré-cozedura) por 8-10 min, retirar do forno e deixar arrefecer.
Escorrer as amêndoas e juntamente com o leite, natas, sumo e raspa de limão, mel e açúcar, passar tudo no liquidificador.
Levar esta mistura ao lume e mexer frequentemente sem deixar que ferva.
Quando estiver quente, retirar do lume e deitar pequenas porções do preparado às gemas, entretanto reservadas, mexendo sempre até ter adicionado cerca de metade da quantidade total.
Colocar novamente tudo no tacho e levar ao lume.
Incorporar a farinha e mexer sempre até o creme engrossar.
Retirar do lume e encher as bases das tartes até cerca de 3/4.
Levar ao forno e deixar cozinhar por 10-15 min.
Deixar arrefecer antes de dessenformar e servir com amêndoa laminada e açúcar em pó.







12 comentários:

  1. Delícia!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha, são tão mimosas e apetitosas!

    ResponderEliminar
  3. Ficaram lindas!!!
    É por esta e por outras que a cozinha italiana continua a ser das minhas favoritas. Nunca desilude :)

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  4. Ficaram tão lindas Sílvia!!
    Adoro este tipo de receita, e claro, as receitas italianas são fabulosas.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Hummm.... linda fotos e apresentação. Deu água na boca. Delícia!!!
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Minha querida, as tuas fotografias estão tão maravilhosas, tão reais, que não me admirava nada de desatar a trincar o IPad!!!
    Gostei tanto, não vou resistir a experimentar um dia destes! 😘
    Milhões de beijinhos e saudades... MUITAS 😍
    C

    ResponderEliminar
  7. Humm que loucura.
    Será que vou a tempo de um?

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/08/almondegas-vegetarianas-estufadas-com.html

    ResponderEliminar
  8. Parecem estar deliciosas, dá vontade de dá uma mordidinha.

    ResponderEliminar
  9. Sedutoras e irresistiveis estas tuas tartes, Silvia!
    Vou ter de as experimentar, claro ;)
    Beijinhos

    Paula G.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, querida Paula. Fico contente por teres gostado!
      Beijinho grande!

      Eliminar

Deixe aqui os seus comentários e/ou perguntas.
Obrigada pela visita!