terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Bundt de Tangerina (Tangerine Bundt)




Por esta altura, cheira a filhós, sonhos e rabanadas por todo o lado, mas apesar de adorar muitos destes doces natalícios, por vezes o que apetece mesmo comer é um simples bolinho. 

Quem não gosta de bolo de laranja? Ou de limão? Ou, porque não, de tangerina? Com tantas tangerinas por casa, a escolha tornou-se fácil... 

Este bolo é bem simples de confeccionar e tem um aroma irresistível. Garanto que uma fatia bem generosa juntamente com uma reconfortante chávena de chá fazem milagres!

A forma que utilizei é da Nordic Ware e o modelo chama-se Kugelhopf. Se quiserem saber mais sobre estas formas maravilhosas, passem pelo site da Loja Tarte de Limão.







Receita adaptada de Martha Stewart

Ingredientes:

220 g de açúcar amarelo
220 g de margarina 
6 ovos
420 g de farinha de trigo sem fermento
1 c. de chá de fermento em pó
raspa de casca de 2 tangerinas
sumo de 6 tangerinas
180 ml de iogurte grego

(cobertura)
1 cháv. de açúcar em pó
2 c. de sopa de sumo de tangerina

Preparação:

Untar e polvilhar de farinha uma forma para bolos
Bater a margarina com o açúcar até obter uma mistura cremosa.
Adicionar os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição.
Incorporar a raspa e o sumo de tangerina.
Juntar a farinha (já com o fermento misturado) em três adições, alternando com duas adições de iogurte.
Deitar a massa na forma já preparada e levar ao forno a 180 ºC durante 60 min.
Deixar passar 5-10 min antes de desenformar e depois deixar arrefecer sobre uma grelha.
Para preparar o glacé, misturar bem o açúcar com o sumo de tangerina e colocar sobre o bolo.







terça-feira, 28 de novembro de 2017

Galette de Pera e Maçã com Cardamomo





Aproxima-se a passos largos, a época do ano que é, para mim, a mais bonita. Sim, confesso que adoro a quadra natalícia e quem me conhece sabe que falo a sério.

Adoro as luzes e os enfeites da árvore de Natal, os clássicos de natal cantados pelo grande Sinatra, as ruas enfeitadas e vestidas a rigor, as montras gulosas das pastelarias que se enchem de doces típicos. Gosto de escolher cuidadosamente os presentes que quero oferecer e faço questão de dar sempre um toque pessoal ao embrulho. Gosto de enfeitar a casa e sentir o calor do espírito natalício. Perco-me com o sorriso e as gargalhadas doces dos meus filhos, enquanto decoramos a árvore de Natal e derreto-me com a maneira cuidada com que montam o presépio e levam aquela tarefa tão a sério. 

Muitos dirão que o Natal já não é o que era, que não passa de uma operação de marketing que origina um consumismo desenfreado, que perdeu a magia... que isto, que aquilo... Para mim, o Natal é o que quisermos fazer dele. Se quisermos fazer dele algo especial e bonito, assim ele será. 

Enquanto esperamos pela entrada oficial na quadra festiva, deixo aqui uma receita fácil de confeccionar e muitíssimo saborosa. Esta galette ficou simplesmente divinal e por isso vos convido a experimentarem a receita. Prometo que não desilude!

Fica também a sugestão para quem, como eu, se perde por artigos de decoração, que espreitem o novo catálogo da marca Kasa do Continente (cliquem aqui para ver o catálogo online). O bonito castiçal dourado e o giríssimo prato de sobremesa branco e verde que aparece nas fotos é da nova colecção! Esta colecção está cheia de artigos elegantes e difíceis de resistir... 

 

domingo, 5 de novembro de 2017

Tarte de Abóbora




Já estamos em Novembro? Já estamos quase a entrar na quadra natalícia? Como é que isso aconteceu? 

É incrível a rapidez com que o tempo passa. Sei que parece um "cliché", que é uma frase já dita quase por todos, mas não deixa de ser um facto. Ainda há instantes, o meu filho mais velho veio ter comigo, com um álbum de fotos minhas na mão, a perguntar-me: "Esta era a tua turma? Tu eras esta?" - apontando com espanto, para uma menina de 5 anos, bochechuda, com uma franja enorme e rabo de cavalo. Engraçado como me lembro tão bem daquela sweat-shirt azul com o número "5" com que apareço na foto. Adorava aquela camisola! E assim, estivemos os dois entretidos, eu a recordar alguns episódios da minha infância (que recordo como se tivessem acontecido ontem) e ele, com ar admiradíssimo a olhar para as fotos, como se só naquele instante se tivesse apercebido que também a mãe dele fora criança tal como ele é agora.

Sim, o tempo passa... e qualquer dia será o meu filho a mostrar as fotos da sua infância aos seus próprios filhos. Espero que também ele lhes diga que teve uma infância feliz e lhes fale dos docinhos que a mãe fazia, tal como esta deliciosa Tarte de Abóbora! 

Esta tarte tem tudo a ver com o outono. É reconfortante, tem especiarias que lhe dão um aroma e sabores quentes que combinam na perfeição com a abóbora. O contraste entre a base crocante e o recheio cremoso é irresistível e faz desta tarte uma séria candidata à mesa de doces do Natal. 


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Tarte de Pera com especiarias e crumble




O Outono já chegou, mas só mesmo no que diz respeito ao calendário, pois as temperaturas teimam em não baixar e as tardes ainda convidam a dar um salto até à praia. Ainda assim, a receita que vos trago, apesar de outonal, é perfeita para qualquer ocasião. 

Esta tarte foi feita sem produtos refinados, mas obviamente que poderão fazer algumas alterações à receita, de acordo com as vossas preferências. Eu tento sempre utilizar produtos, do ponto de vista nutricional, mais saudáveis... mas não sou fundamentalista. 

Ah... e para os mais gulosos, aconselho uma boa dose de gelado de baunilha para acompanhar uma fatia desta tarte deliciosa. Prometo que não se vão arrepender!



domingo, 1 de outubro de 2017

Queques Vegan de Chocolate




O Outono chegou? A sério? Confesso que não é a minha estação do ano favorita... mas não deixa de ter o seu encanto. Para marcar a entrada na estação, escolhi uma receita saudável e doce.

Sim, desta vez partilho uma receita cheia de chocolate e super saudável. Não acreditam? Sem ovos, sem gordura, sem açúcar e sem refinados. E resulta!

Vi o vídeo desta receita no Instagram e tive que experimentar. A receita original também tem uma cobertura para estes bolinhos, mas eu optei por colocar chocolate picado.



quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Pan de Mallorca



Por vezes são as coisas mais simples da vida, aquelas que nos fazem felizes... que nos fazem sorrir. Um malmequer apanhado especialmente para nós, um pequeno-almoço simples que nos trazem à cama, um "és tão bonita" dito pelo nosso filhote, aquele abraço apertado que recebemos quando não estamos à espera, as gargalhadas das nossas crianças quando brincam uma com a outra... Com a cozinha por vezes isso também acontece. Este Pan de Mallorca é um bom exemplo disso.

A receita que vos trago vem do Porto Rico. Trata-se de um pão doce, feito com ovos, que é coberto de açúcar em pó.Pode ser comido simples ou recheado com a nossa compota preferida. Uma receita simples que nos deixa com um sorriso de orelha a orelha... 




segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Tarte de Ameixa



E assim, de repente, chegam ao fim as tão ansiadas férias... Como é que isto aconteceu? O mês de setembro já está à espreita, o tempo começa a mudar e a nostalgia instala-se. Revejo as fotos  deste verão e fico com a sensação que tudo passou depressa demais... mas esse tempo foi bem aproveitado e toda a família fez um reset merecido. Agora é tempo de preparar o regresso às aulas dos miúdos e voltar a dar um pouco mais de atenção ao blog que tem estado a meio gás.

Para marcar este regresso, nada melhor do que uma tarte de fruta. Uma tarte bonita, bem rica em sabor e texturas. A massa estaladiça e o recheio de ameixa fazem uma dupla perfeita, mas se quiserem tornar a sobremesa ainda mais gulosa, experimentem adicionar uma bola de gelado ou uma porção generosa de crème fraîche. 

Para esta receita, disse "não" aos produtos refinados e o resultado foi fantástico. Usei farinha integral de espelta e açúcar mascavado, daí a massa ter ficado com uma cor mais escura. Façam a experiência em casa e tentem substituir a farinha branca (refinada) por farinhas integrais, o açúcar branco pelo mascavado, açúcar de coco, entre outras opções, a manteiga pela margarina ... para verem a diferença.



terça-feira, 1 de agosto de 2017

Bolo integral de Maçã e Framboesa





Há dias de inspiração... e o dia em que fiz este bolo foi definitivamente um deles. 

Apeteceu-me fazer um bolo com ingredientes mais saudáveis e na minha despensa estavam um pacote de açúcar de côco e de farinha de espelta prontos a serem utilizados. Como adoro bolos de fruta, cobri o bolo com maçã e framboesas e o resultado não podia ter sido melhor!

O seu ar meio tosco é o que torna este mais bolo apetecível. Simples, mas com uma riqueza de sabores e aromas deliciosos. E que bom ficou este bolo domingueiro!

Atrevam-se a experimentar novos ingredientes... As farinhas integrais são, não só do ponto de vista nutricional mas até em termos de sabor, muito mais interessantes do que a enfadonha farinha de trigo branca refinada. O açúcar mascavado, açúcar de coco, mel entre tantas outras opções mais saudáveis, são substitutos perfeitos do açúcar branco. Também são calóricos, mas são nutricionalmente superiores e parece-me que o importante é tentar utilizar ingredientes o menos processados possível...




quinta-feira, 20 de julho de 2017

Bolo de Requeijão e Alperce





Sempre gostei de usar fruta nos bolos, pois para além de ficarem mais húmidos, acabamos por ter várias texturas num mesmo bolo... e a fruta adquire um sabor especial quando cozinhada.

Seja no verão ou no inverno, há uma imensa variedade de fruta que podemos usar nestes bolos invertidos. O processo é simples: basta preparar uma mistura de margarina/manteiga com açúcar e forrar o fundo da nossa forma com este preparado, colocar a fruta escolhida por cima de modo a cobrir a base e deitar a massa do bolo por cima. Ao desenformar, só tem que virar o bolo ao contrário.

Se não quiserem utilizar o alperce, podem optar por pêssegos, cerejas, banana, pêras... enfim, podem escolher a fruta que mais gostarem ou aquela que anda na fruteira há uma imensidão de tempo!

Partilho este bolo convosco porque, apesar da sua aparência algo tosca e pouco charmosa, este bolo é realmente delicioso.




segunda-feira, 19 de junho de 2017

Rolinhos de Brioche de Chocolate



Quem me conhece sabe o quanto eu aprecio um bom chocolate... e se for chocolate amargo, melhor ainda. 

O problema é que recentemente me deparei com um grande problema. Descobrimos há pouco tempo que o nosso filho mais novo é alérgico aos frutos secos e amendoim. E o que é que isso tem a ver com chocolate, perguntam vocês... O problema é encontrar uma tablete de chocolate que não tenha vestígios  de frutos de casca rija ou amendoim. 

Não conheço nenhuma marca portuguesa que ofereça  essa segurança e todas elas alertam para a possibilidade do produto conter vestígios desses alergenos. Nem marca portuguesa nem estrangeira que se encontre nos comuns supermercados. Contudo, na minha caça ao tesouro (sim, porque encontrar um chocolate "nut free" é uma verdadeira aventura) consegui encontrar uma marca que fabrica os seus chocolates numa fábrica onde não se utilizam nem frutos de casca rija nem amendoim. Comprei numa loja do Celeiro e duas tabletes de 100 g custaram mais de 10 euros....... 

Enfim, a carteira queixou-se um pouco, mas a criança ficou feliz a lambuzar-se nestes deliciosos Rolinhos de Brioche de Chocolate...

Já agora, se alguém conhecer marcas alternativas de chocolate que não contenham frutos secos/amendoins, por favor partilhem!




quinta-feira, 8 de junho de 2017

Bolo de Cereja com Crumble de aveia e cardamomo



Se há bolos que valem a pena serem partilhados, este é um deles. Definitivamente.

Este bolo caseiro, de aparência tosca está carregado de coisas boas. Tem cerejas frescas, sementes de papoila e uma crosta bem crocante com aveia que torna este bolo ainda mais delicioso e difícil de resistir. Utilizei pela primeira vez a farinha de espelta e adorei o resultado. O bolo ficou bastante mais saboroso e aromático. Vale a pena experimentarem.





Ingredientes:

(bolo)
200 g de farinha de espelta
1 e 1/2 c. de chá de fermento em pó
130 g de açúcar amarelo
raspa da casca de 1 limão grande
3 ovos médios caseiros
100 ml de óleo de coco
200 ml de natas
40 ml de sumo de limão
250 g de cerejas frescas sem caroço

(crumble)
3 c. de sopa de farinha de trigo integral
2 c. de sopa de açúcar mascavado
2 c. de sopa de flocos de aveia
1 c. de café de cardamomo moído (usei um almofariz e triturei sementes de 4 vagens)
30 g de margarina vegetal fria em pequenos cubos


Preparação:

Forrar uma forma do tipo inglês com papel vegetal e reservar.
Para o crumble, misturar os ingredientes excepto a margarina.
Incorporar a margarina com os dedos até obter uma textura de migalhas. Reservar.
Para o bolo, colocar numa tigela o açúcar com a raspa de limão.
Esfregar o açúcar e a raspa com a ponta dos dedos para soltar os óleos da casca do limão e aromatizar a mistura.
Noutra tigela, misturar as natas com o sumo de limão e reservar.
Incorporar no açúcar aromatizado, o óleo de coco, as natas e os ovos.
Juntar a farinha de espelta e misturar.
Adicionar as cerejas, reservando algumas para colocar no topo da massa e envolver cuidadosamente, sem misturar demasiado.
Deitar a massa na forma preparada e cobrir com as restantes cerejas e cerca de 1/3 do crumble.
Levar ao forno a 180 ºC durante uns 50 a 60 min.
Quando faltar cerca de 15-20 min para o bolo estar cozido, cobrir rapidamente o bolo com o restante crumble e levar novamente ao forno até o bolo estar pronto.
Antes de desenformar o bolo, deixar arrefecer alguns minutos na própria forma.








sexta-feira, 19 de maio de 2017

Bundt de Cardamomo e Framboesas




Finalmente, uma receita nova no blog! Já não publicava há mais de um mês... A verdade é que ultimamente não tenho tido muito tempo para me dedicar ao blog.  Enfim, é uma questão de me organizar melhor, certo? 

Hoje trago-vos uma receita maravilhosa de um bolo cheio de framboesas! Um bolo delicioso com um perfume a cardamomo que o torna ainda mais irresistível. Perfeito para um lanche de amigos... até para um bolo de aniversário. 

A elegância deste bolo também de deve a esta forma Bundt lindíssima. Se tiverem curiosidade, espreitem a loja da Tarte de Limão. Encontram lá esta e outras formas bonitas da Nordic Ware.

Vamos à receita?







Receita de glacé de Tutti Dolce


Ingredientes:

250 g de açúcar (150 g de açúcar branco e 100 g de açúcar amarelo)
150 g de margarina à temp. ambiente
3 ovos (usei caseiros de tamanho M)
250 g de farinha de trigo sem fermento
1 e 1/2 c. de chá de fermento em pó
7 vagens de cardamomo (triturei as semente)
250 g de iogurte grego natural sem açúcar
2 c. de sopa de sumo de limão
125 g de framboesas frescas

(glacé)
1/2 c. de sopa de margarina derretida
1/2 chávena de açúcar em pó
1 c. de sopa de sumo de limão
1 c. de chá de leite

(decoração)
125 g de framboesas para decorar


Preparação:

Numa saladeira, bater os açúcares com a margarina até obter uma mistura cremosa.
Adicionar os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição.
Misturar a farinha com o cardamomo e o fermento e incorporar esta mistura à anterior, em 3 adições, alternando com a mistura de iogurte/sumo de limão.
Envolver delicadamente as framboesas na massa,
Deitar a massa numa forma preparada (untada e polvilhada de farinha).
Levar ao forno pré-aquecido a 180 ºC durante 45-50 min.(fazer o teste do palito).
Deixar o bolo arrefecer cerca de 10 min ainda na forma e só depois desenformar cuidadosamente e deixar arrefecer completamente numa grelha.
Para o glacé, misturar os ingredientes com um garfo ou mini vara de arames e corrigir a consistência pretendida acrescentando mais açúcar ou mais líquido (limão ou leite).
Decorar com framboesas frescas.







sábado, 15 de abril de 2017

Mini Bundts de Côco tostado/ Toasted Coconut Mini Bundts




Hoje a proposta é festiva, não fosse amanhã dia de Páscoa.

Estes mini bolos vestiram-se a rigor para fazerem parte da mesa de doces de Domingo e prometo que os mais pequenos vão adorar. 

A massa não fica demasiado doce e o facto do coco ser tostado confere-lhe um aroma ainda mais agradável. Poderão escolher outro tipo de cobertura, como um glacé... mas para mim, o chocolate amargo assenta que nem uma luva nestes mini Bundts... e Páscoa sem chocolate não é Páscoa!

Tenham todos uma Páscoa feliz e bem doce!




quarta-feira, 12 de abril de 2017

Regueifa doce da Páscoa / Sweet Easter Bread





Chegaram as tão ansiadas férias da Páscoa. Que bom! 

Os miúdos têm duas semanas de descanso merecido da escola e nós, conseguimos arranjar uma semana para descansar da azáfama do dia-a-dia, estarmos mais tempo juntos e fazermos todos um reset. Eu estava mesmo, mesmo a precisar.

Como, para mim, a cozinha também funciona como escape, dei por mim com imensa vontade de preparar um pão doce, não estivessemos nós quase a chegar à Páscoa.

Nesta quadra festiva, abundam os pães doces. Assim sendo, faz todo o sentido que partilhe convosco esta deliciosa Regueifa levemente perfumada de canela. É um pão leve, de massa fofa, pouco doce que é típico sobretudo da região Norte do nosso país. Uma maravilha que vos desafio a experimentarem... Ah... e fica ainda melhor depois de torrada e "besuntada" generosamente com manteiga!





sexta-feira, 24 de março de 2017

Tarte de Limão e 4 anos de blog





Há 4 anos publiquei aqui a minha primeira receita. Nestes 4 anos, conheci muitas pessoas que, tal como eu, tinham paixão não só pela cozinha, mas também pela fotografia. Aprendi muito, frequentei alguns workshops, dei workshops, vi as minhas receitas publicadas em várias revistas, fiz alguns showcookings... enfim, tenho passado bons momentos à custa do blog.

Ter um blog dá uma imensa trabalheira e por vezes... algumas dores de cabeça. É a receita que tínhamos planeado que não corre bem, são as fotos que não estão à altura, foi o fundo que escolhemos que não foi o melhor e assim se perdem algumas horas do nosso precioso tempo, para depois decidirmos que não vamos publicar nada... Grrrr... que nervos! Mas, a verdade é que a maior parte das vezes a coisa até corre bem e conseguimos ficar satisfeitos com o resultado do mosso trabalho. Depois também existe o vosso feedback. Os comentários simpáticos que deixam aqui, no Facebook ou no Instagram, deixam-me sorridente e também me incentivam a continuar.

Obrigada por estes 4 anos. Espero que continuem a visitar-me neste singelo cantinho!




quinta-feira, 9 de março de 2017

Bundt de Tâmaras com Caramelo salgado




Adoro bolos de fruta. São mais perfumados e nunca ficam secos... parece que se desfazem na boca! 

Este bolo de tâmaras é  um dos meus favoritos e mesmo aqueles que dizem não gostar de tâmaras, acabam por ficar rendidos a esta delícia.  E o que dizer da adição do caramelo salgado? Apenas digo que faz toda a diferença e que combina na perfeição...




quinta-feira, 2 de março de 2017

Brioche de Laranja e Cardamomo




Este ano parece estar a passar tão rápido... num instante chegámos ao mês de Março e a Primavera está quase quase a chegar! Gosto deste mês em que nos despedimos oficialmente do Inverno... e fico desejosa que chegue o tempo mais quente e sobretudo agrada-me que cheguem os dias mais longos. No entanto, enquanto a Primavera não chega e os dias continuam frescos, ainda apetece ligar o forno e confeccionar algo reconfortante que combine com uma chávena de chá fumegante.

Quem segue o blog, sabe que gosto muito de confeccionar massas lêvedas. Desta vez, partilho convosco uma receita de Brioche que é  verdadeiramente deliciosa. A massa é leve e fofa e, apesar de eu ter utilizado a laranja e o cardamomo, podem escolher outras combinações para aromatizar o brioche. E sim, eu sei que a massa de brioche deve ser feita com manteiga, mas alguns de vós já devem ter reparado que não utilizo manteiga nas minhas receitas. Usei margarina, por ser mais saudável (por ser feita a partir de óleos de origem vegetal) e o resultado é igualmente bom. Desafio os mais cépticos a experimentar.

Vamos à receita?