terça-feira, 1 de abril de 2014

Bolo Podre de Estremoz






Abril, águas mil...diz o ditado.
Sem dúvida que este ditado tem imensa sabedoria, pois acabamos de entrar no mês de Abril com chuva. Bah...Estou fartinha da chuva!
Com a chegada de um novo mês, chega também mais um Dia Um...Na Cozinha (grupo do facebook).
O tema escolhido para esta 11ª edição foi "Doçaria Regional" e a verdade é que, por este nosso país fora, existem doces/bolos deliciosos, havendo muito por onde escolher.
Fiz um bolo tipicamente alentejano, o Bolo Podre.
Existem várias versões deste bolo, consoante a região e esta que vos trago é da cidade de Estremoz.
É um bolo muito saboroso e aromático. Perfeito para ser apreciado com uma fumegante chávena de chá.
Mel, laranja, canela, erva-doce...um quarteto perfeito para um dia de chuva e frio!
Querem a receita? 

















Receita retirada do site Doces Regionais


Ingredientes:

6 ovos caseiros
80 g de açúcar
125 g de mel ( usei o Mel Multifloral da Associação dos Apicultores do Concelho de Montemor-o-Novo)
75 g de margarina vegetal ( a receita original usa manteiga)
1 c. de chá de canela em pó
1 c. de chá de erva-doce em pó
raspa e sumo de uma laranja pequena
130 g de farinha sem fermento
1 c. de chá de fermento em pó
Açúcar em pó para polvilhar (opcional)



Preparação:

Separar as gemas das claras.
Bater as gemas com o açúcar até obter uma mistura cremosa e pálida.
Juntar a raspa de laranja, o mel e as especiarias.
Misturar tudo e adicionar o sumo de laranja e a margarina derretida.
Incorporar a farinha com o fermento.
Bater as claras em castelo.
Envolver cuidadosamente as claras na massa.
Deitar a massa numa forma untada e polvilhada de farinha.
Vai ao forno a 200 ºC durante cerca de 35 min (fazer o teste do palito).
Deixar arrefecer.
Pode regar o bolo com mel aquecido (eu preferi polvilhá-lo de açúcar em pó).



- 12 fatias
- prato ( bolo)
- tempo de preparação (30 min.)
- dificuldade (*)
- vegetariano (não)
- para crianças (sim)
- ingrediente principal (mel)




















81 comentários:

  1. Que rica fatia,está mesmo a pedir para come-la! Posso? Bjos

    ResponderEliminar
  2. Já fiz uma receita de um bolo parecido e adorei por ser denso como esse e bem aromático..Belas fotografias quase que convidam a ir lanchar contigo...
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao contrário do que possa parecer o bolo é bem fofinho!...mas sim, é muito aromático.
      Obrigada pela simpatia, Rita. Beijinho

      Eliminar
  3. Adoro Bolo podre, por ser podre de bom!!

    Ficou bem bonito.

    BJS.
    Paula

    ResponderEliminar
  4. Este bolinho está mesmo a pedir para ser comido com prazer!
    É para ficar na minha lista. Como sempre as fotos soberbas e um pratinho que ADORO :-)
    Beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Cláudia.
      Vais gostar deste bolo...é mesmo bom!
      Obrigada pela visita!
      Beijinho

      Eliminar
  5. Que delicia, estive em Estremoz este fim de semana e gostei bastante, de passear pelo mercado e ver os seus produtos!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto daquela zona. E o bolo é delicioso.
      Obrigada pela visita.
      Beijinho

      Eliminar
  6. Com estes ingredientes só pode ser maravilhoso, bjs

    ResponderEliminar
  7. Mais uma receita que desconhecia e que fiquei com vontade de provar. O bolo ficou lindo e as fotos são sempre uma maravilha!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Leonor.
      Fico contente por gostares.
      Beijinho

      Eliminar
  8. Que fatia gulosa e tentadora :)
    Eu vou adorar fazer este bolinho, é mesmo a minha cara ( sou mesmo gulosa)
    Ficou lindo e embora já tenha provado há muitos anos não me lembro bem do sabor.
    Parabéns
    Bjns
    isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que experimentar. Vais adorar!
      Obrigada e um beijinho, Isabel

      Eliminar
  9. Estou a adorar conhecer os doces regionais graças ao dia um... Já provei um bolo podre feito por amiga, mas acho que a receita era mais adaptada aqui ao norte! Adorei o sabor rico das especiarias com o mel e a laranja, mas já se vê que sendo eu uma apaixonada das broas de mel desde pequenina, como não ia gostar destes bolos podres, não é verdade?
    Lindas fotos, para não variar ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade...foi em desfile magnífico!
      Obrigada por aqui passares, Gori.
      Beijinho

      Eliminar
  10. Bolo lindissimo... fotografias lindas... estou a babar.. :)
    Uma boa escolha e já vai para o livrinho de receitas..
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Nunca comi bolo podre! Mas acho imensa graça ao nome :)
    E o interior tem um aspecto fantástico, que delícia!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a primeira vez que fiz e saiu muito bem.
      Adoro este tipo de bolos aromatizados com especiarias...
      Obrigada pela visita, Cuca.
      Beijinho

      Eliminar
  12. A minha mãe fazia um quando eu era pequeno e eu adorava.
    Esse ficou lindo e tem um interior delicioso
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, São.
      Sabes que gosto muito de ver por aqui!
      Beijinho grande e obrigada.

      Eliminar
  13. Parabéns pelas lindas fotos e pela delicia de bolo!

    ResponderEliminar
  14. Claro que vou levar a receita. É daqueles bolos prefeitos para uma cheia chávena de chá.
    Adoro e babo só de olhar para estas belas fotos.
    Beijocas doces.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Dora.
      Que bom teres gostado.
      Beijinho grande

      Eliminar
  15. Que maravilha ficou o teu bolo podre! Está lindo e deve ser uma delícia! Essa fatia está mesmo a chamar por mim...
    E as fotos, não me canso de te dizer, são lindas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Ficou fantástico o bolo :)
    E a descrição é maravilhosa!
    Mel, laranja, canela e erva-doce, uma chávena de chá bem quente :)
    Que bom!!!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É de facto um bolinho delicioso!
      Obrigada pela visita.
      Beijinho

      Eliminar
  17. Adorei conhecer esta receita, este bolo!
    bj

    ResponderEliminar
  18. Sai uma fatia para a Figueira da Foz se faz favor...eu faço o chazinho ;)
    Beijinhos
    Vânia

    ResponderEliminar
  19. Fiz uma vez pelo Natal e todos gostaram, confesso que já foi alguns anos e não me recordo do sabor.
    Uma textura deliciosa, um bolinho com ar tão nosso, perfeito para esta Primavera de chuva.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que fazer esta receita. Tenho a certeza que vais gostar, Sandra!
      Beijinho grande e obrigada!

      Eliminar
  20. Antes de mais parabéns pelas fotos, o bolo come-se com o olhar! Mas não será só o aspecto :) o sabor deve ser delicioso, já vi uma receita semelhante, algures, mas nunca fiz este bolo, acho que será uma boa altura ;)
    Bjnhs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Luísa. Aconselho-te a experimentar o bolo que á super saboroso.
      Obrigada e um beijinho

      Eliminar
  21. Tem muito bom aspecto, mel, laranja, canela, erva-doce...sem dúvida, um quarteto perfeito! Top!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Para primeira experiência resultou mesmo muitobem.
      Beijinho

      Eliminar
  22. Esse interior está mesmo uma tara... Que espectáculo :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Olá Silvia,
    Em Abril águas mil mesmo e nada melhor para alegrar esses dias chuvosos que uma fatia deste teu bolo divino e apetitoso e uma bela chávena de chá!!
    Adorei esta sugestão que desconhecia.
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Lia.
      Fico contente por gostares desta sugestão.
      Beijinho grande

      Eliminar
  24. Não conhecia esta versão do bolo podre... adorei! Essa mistura de sabores é deliciosa, o interior ficou mais que perfeito :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta que vais gostar!
      Obrigada e beijinhos

      Eliminar
  25. Adoro este bolo e ainda não tinha a receita. Já está guardada! As fotos estão lindas.

    Beijinhos, Paula
    http://cookit-simple.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  26. Olá Sílvia!
    Foi com muita alegria que vi ontem a nossa Doçaria Conventual lembrada por uns e ser conhecida por outros. A participação deste bolo rico da doçaria alentejana, é uma mais valia para as novas gerações. Como sempre a tua participação é linda e perfeita e, o anfitrião merece as honras da partilha.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras tão simpáticas, Rosa.
      Gostei imenso de participar neste desfile fantástico.
      Beijinho e obrigada

      Eliminar
  27. Parece delicioso :) Muito sinceramente, aceitava uma fatia ;)
    Beijinhos
    Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilharia com muito gosto.
      Obrigada, Margarida

      Eliminar
  28. Com a erva-doce, só pode ser um espetáculo! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo bom. Uma combinação deliciosa.
      Obrigada e um beijinho

      Eliminar
  29. Silvia ola

    Se ainda houver uma fatia... é claro que eu quero.... que aspeto delicioso com que ficou o teu bolo e as fotos estao magnificas!

    E qto a receita... claro.que a quero!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Margarida pela visita e simpatia.
      Fico feliz por teres gostado da receita.
      Beijinho

      Eliminar
  30. Adoro bolo podre! É denso e delicioso, cheio de sabor... o teu está lindo, Sílvia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. Olá Sílvia!
    Adorei conhecer este bolo tradicional! Que bonito!
    O meu podre que conheço é um bolo feito com azeite, que se parece com o folar, e é feito pela minha sogra num forno de pedra, no interior do país. Muito diferente deste, que é uma tentação!
    Obrigada pela partilha! Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, há vários tipos de bolo podre, dependendo da zona do país.
      Na verdade foi a primeira vez que fiz e adorei.
      Obrigada pela tua simpática visita.
      Beijinho

      Eliminar
  32. Nada melhor para nos alegrar e reconfortar no meio destes dias frios e chuvosos do que uma fatia de bolo saborosa e deliciosa!
    Conheço este bolo, mas nunca o fiz. Pela descrição só pode ser delicioso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um bolinho deste é perfeito para alegrar um dia de chuva e frio, é verdade.
      Obrigada, Paula,pela simpatia e presença.
      Beijinho

      Eliminar
  33. Que aspeto delicioso :) Ansiosa por experimentar! bj

    ResponderEliminar
  34. Oh... comentei mas acho que o comentário se perdeu. Vou tentar repetir:
    A minha bisavó Clara fazia um bolo podre que eu nunca cheguei a provar mas que dizem que era uma delícia. Fazia-o para ir vender para a cidade. Infelizmente nunca ninguém soube a receita, que se perdeu com a "avó" Clara. Apenas sabemos que era delicioso, e que ela demorava muito tempo a batê-lo. Parece que levava massa de pão.
    Eu nunca comi bolo podre, mas por este motivo, esta foi uma das receitas que mais me prendeu neste "Dia um". Além disso tem um óptimo aspecto. A minha mãe, que também é Clara, como a avó, também gostou muito da receita e combinámos repeti-la em breve. Obrigada, beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela simpática mensagem, Raquel.
      Se experimentarem o bolo, digam! Quero saber se gostaram!
      Obrigada e beijinho

      Eliminar
  35. Na minha terra temos pão podre! Mas já era dito... Se não têm pão, que comam brioche! (eu sei que a frase "original" é francesa e tu és francesa (certo? Pelo menos tenho essa ideia...) , mas eu não percebo muito de francês por isso... :P)
    (não que encaixe no sentido metafórico, mas pelo menos está encaixado no literal :P)
    Esse pão parece mesmo bom! Húmido e delicioso :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente delicioso e foi aprovado por todos.
      Obrigada pela tua simpatia, Avelã.
      Beijinho grande

      Eliminar
  36. Olá Silvia!
    Que maravilha que deve ser este bolo podre. Ao ler os ingredientes é impossível não salivar. Esteve na minha lista para este dia 1, mas acabei por homenagear o Ribatejo.
    Só pode ser delicioso, nunca provei, mas pela lista de ingredientes...hhuuumm, um pequeno pedaço de gula. ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É surpreendentemente bom, ate porque o fiz pela primeira vez,
      Obrigada pela visita, Célio. É sempre um gosto receber-te aqui.
      Beijinho

      Eliminar
  37. Nao conhecia este bolo. Deve ser optimo!
    Bjs
    Lua

    ResponderEliminar
  38. Hunnnn que delicia, fizeste-me lembrar do bolo podre que a minha mãe fazia nos meus tempos de criança, ai que saudades :-)
    Vou levar essa fatia
    Beijokas

    ResponderEliminar
  39. O açúcar é branco?
    Posso substituir por açúcar areado amarelo? E mantenho as 80 gr?
    125 gr de mel equivalem a quantas colheres de sopa?
    Muito obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. Pode substituir por açúcar amarelo e manter a quantidade. Eu pesei o mel numa tacinha... não sei de cor a quantidade. Não tem uma balança para pesar? Devem ser cerca de 6 c. de sopa de mel...
      Obrigada.

      Eliminar

Deixe aqui os seus comentários e/ou perguntas.
Obrigada pela visita!