quarta-feira, 9 de julho de 2014

Bolo Banoffee







Quando vi a foto deste bolo no Instagram do Donal Skehan... juro que achei o bolo simplesmente fantástico, de tão decadente que era! 
O termo Banoffee já me era conhecido, embora nunca tivesse feito nenhuma receita deste tipo. Decidi, por isso, ir para a cozinha e só descansei até poder provar esta maravilha!
Não fiz o recheio/cobertura da receita original (confesso que a ideia de usar coberturas de manteiga com tanta quantidade de icing sugar, assusta-me muito!) e preferi recorrer ao mascarpone. Pessoalmente acho que o bolo ficou ainda melhor.
Fica aqui um aviso: este bolo é só para indivíduos extremamente gulosos!





Receita adaptada de Donal Skehan


Ingredientes:

3 bananas maduras (uma será para decorar)
4 c. de sopa de natas
1 c. de chá de aroma de baunilha
170 g de margarina vegetal (temp. ambiente)
300 g de açúcar
4 ovos caseiros (temp. ambiente)
350 g de farinha com fermento

molho de caramelo
150 g de açúcar
50 ml de água
100 ml de natas
2-3 c. de sopa de margarina vegetal

creme de mascarpone/iogurte
125 g de mascarpone
2 iogurtes gregos naturais sem açúcar
molho de caramelo (cerca de 1/4 do molho preparado)


Preparação:

Preparar duas formas de 20 cm de diâmetro, forrando o fundo com papel vegetal e untando e polvilhando de farinha, os lados.
Esmagar 2 bananas e incorporar as natas. Reservar.
Bater o açúcar com a margarina amolecida.
Juntar os ovos, um a um, misturando bem antes de cada adição.
Adicionar e misturar, alternadamente, a farinha e a mistura de banana.
Dividir a massa por duas formas.
Levar ao forno a 180 ºC durante uns 40 min.
Enquanto os bolos cozem, preparamos o molho de caramelo.
Num pequeno tacho, colocar o açúcar e a água e levar ao lume médio-alto.
Assim que o açúcar estiver dissolvido e começar a borbulhar, reduzir o lume.
Deixar alguns minutos a fervilhar, para que o açúcar comece a caramelizar (não mexer com uma colher, pois formar-se-ão cristais de açúcar, poderá apenas agitar levemente o tacho).
Quando começar a adquirir uma cor dourada, retirar do lume ( convém retirar antes de estar já muito dourado, porque poderá ficar com sabor queimado).
Cuidadosamente, adicionar as natas e misturar.
Incorporar a margarina e misturar, para que fique com uma textura mais aveludada. Reservar.
Colocar o mascarpone numa tigela e juntar os iogurtes.
Misturar bem e adicionar um pouco de molho de caramelo. Reservar.
Quando os bolos estiverem cozidos, retirá-los do forno e deixar arrefecer numa grelha.
Depois de arrefecidos, podemos proceder à montagem do bolo.
Colocar um dos bolos com a parte de cima virada para baixo,no prato de servir.
Cobrir com metade da mistura de mascarpone.
Colocar o outro bolo por cima.
Cobrir com restante mascarpone.
Decorar com rodelas de banana. deitar o molho de caramelo por cima e servir.







20 comentários:

  1. Que maravilhoso ficou, Silvia! Está lindíssimo e deve ser uma verdadeira delícia!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. hummm que bom aspecto.
    Só pode ser delicioso.
    Beijocas doces

    ResponderEliminar
  3. Ficou lindo e tão guloso
    Apetece mesmo comer.............
    bj

    ResponderEliminar
  4. Simplesmente delicioso, receita anotada pois nunca me atrevi a fazer um mas olhar para o teu deixou-me ainda mais tentada a fazer,


    beijinho!

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho várias receitas de bolos e tartes banoffee para fazer, mas ainda não fiz nenhuma. Tenho certeza que é uma coisa assim para o espectacular!!! :)

    ResponderEliminar
  6. Que bolo MARAVILHOSO. Lindo e de dar água na boca. Parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Nossa...lindo demais...e com toda certeza tão saboroso quanto!!!! =)
    Parabéns pelas incríveis fotos e obrigada por compartilhar esta receita!!!
    Beijos!!!

    ResponderEliminar
  8. Jesus, que pecado!
    Este bolo ficou lindo e deve ser delicioso. Já me estou a imaginar a cortar um pedacinho e levar a boca. Hmm que sabor.
    As fotografias ficaram lindas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. A sério, uau, que decadência! Deve ser meeeesmo bom, esse caramelo aí a escorrer diz tudo :)

    ResponderEliminar
  10. Nossa que pecado da gula! Fantástico, melhor nem fazer... Bjs.

    ResponderEliminar
  11. O bolo ideal para mim Sílvia:)
    Com banana e com essa cobertura só pode ser perfeito, adoro a cor.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Como assim 100 ml de nata? Tem que ir juntando do leite??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós em Portugal temos pequenos pacotinhos de 200 ml de natas. No Brasil penso que lhe dão o nome de creme de leite.
      Espero ter esclarecido.
      Beijinho Thailaine.

      Eliminar
  13. Olá Sílvia,

    que todos os santinhos nos ajudem a não engordar que este bolo é qualquer coisa ;)
    Lindas as fotos. Que decadência!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. Obrigada a todos pela vossa simpática visita!
    Adoro receber-vos neste meu cantinho.
    Beijinhos a todos!

    ResponderEliminar
  15. Que blog lindo, com fotos lindas e receitas lindas! Fiquei apaixonada!
    Parabéns, tudo maravilhoso. Esse bolo quase fez cair uma lagriminha aqui hehehehe
    Beijos!

    ResponderEliminar
  16. Esse bolo tem um aspecto fantástico, também gosto muito do Donal, tenho um livro dele e parece bom moço :)
    Bonito post, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida , Sandra.
      Obrigada pela tua visita! É sempre um gosto! :)
      Beijinhos

      Eliminar

Deixe aqui os seus comentários e/ou perguntas.
Obrigada pela visita!