segunda-feira, 11 de junho de 2018

Galette de Nectarina e Amoras (sem glúten)/ Nectarine and Blackberry Galette (gluten-free)





Partilho aqui uma das minhas receitas doces preferidas. Galette de fruta. E trago não uma, nem duas, mas três galettes em formato mais pequeno. 

Optei por experimentar uma versão sem glúten, para testar a utilização do trigo serraceno e da farinha de arroz neste tipo de massas. O resultado foi uma massa bem leve, tipo biscoito que se desfaz na boca e que mostrou ser perfeita para este tipo de tartes.

Na verdade, as galettes têm tudo o que aprecio numa sobremesa: são rápidas de fazer, não requerem grandes maestrias na cozinha, são versáteis e saem sempre bem. Até a sua aparência tosca as torna irresistíveis.  Precisam de mais razões para meter as mãos na massa?

Fiquem, pois com este cheirinho a verão, nas esperança que ele chegue bem depressa. Estamos todos à espera!













Adaptado do livro Tartes Caseiras de Linda Lomelino



Ingredientes: (para 3 galettes pequenas ou uma grande)
1 chá. = 250 ml

2/3 de cháv. de farinha de trigo serraceno integral
2/3 de cháv. de farinha de arroz (fiz na Yammi)
2 c. de sopa de açúcar mascavado (triturei para ficar mais fino)
150 g de margarina vegetal fria
2 c. de sopa de água gelada

(recheio)
3 c. de sopa de açúcar mascavado
2 c. de sopa de amido de milho
1 pitada de sal
6 nectarinas pequenas
amoras frescas a gosto
raspa de um limão pequeno
folhas de tomilho fresco a gosto


Preparação:

(método Yammï) - Massa
Preparar a farinha de arroz, colocando no copo misturador cerca de 150 g de arroz e seleccionar a velocidade 11 durante 1,5 min. Se achar que o resultado não tem textura suficientemente fina, pulverize mais tempo.
Adicionar ao copo a farinha de trigo serraceno e o açúcar e pulverizar durante 20 segundos na velocidade 9.
Adicionar a margarina fria em cubos e seleccionar a velocidade 7 por 10 segundos. A mistura deverá estar com uma textura de migalhas
Juntar a água (1 colher de cada vez e apenas a água suficiente para a massa unir) e misturar por 30 segundos à velocidade 5.


(método tradicional)- Massa
Misturar as duas farinhas e o açúcar numa saladeira.
Incorporar a margarina fria, em cubos pouco a pouco com a ajuda dos dedos, até a massa ficar com textura de migalhas.
Adicionar a água (1 colher de cada vez) e misturar com um garfo. Assim que a massa começar a unir, não junte mais água.

Recheio
Formar um disco com a massa, envolver em película aderente e levar ao frio pelo menos 1 hora.
Para preparar o recheio, lave e tire o caroço das nectarinas. Cortar em fatias e reservar.
Numa pequena tigela, misture o açúcar com o amido e o sal. Reserve.
Retirar a massa do frio e dividir em 3 porções.
Numa superfície enfarinhada, estender cada porção num círculo (não demasiado fino) e transferir para uma folha de papel vegetal.
Polvilhar cada círculo de massa com a mistura de açúcar/amido (reservar um pouco para polvilhar sobre o recheio) deixando uma área livre em toda a volta.
Divida as nectarinas e amoras pelas tartes e polvilhe com a  mistura de açúcar/amido que sobrou.
Coloque um pouco de raspa de limão por cima e algumas folhas de tomilho.
Dobre cuidadosamente o rebordo de massa sobre o recheio.
Leve as tartes ao frio, durante 15 min e ligue o forno a 180 ºC.
Antes de levar as tartes ao forno, pincele a massa com o ovo batido e polvilhe com açúcar mascavado.
Coloque as tartes no tabuleiro, numa parte mais baixa e leve ao forno cerca de 45 min.
Deixe arrefecer as galettes numa grelha e sirva simples ou com gelado de baunilha.






2 comentários:

  1. Uma coisa nas galettes é o aspecto meio tosco mas que ficam lindas.
    Essas ficaram lindas e imagino que deliciosas.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  2. Que delícia, Sílvia! Hei de experimentar essa massa, talvez c outro recheio usando a fruta q tenha em casa à mão ;) Bjinhos.

    ResponderEliminar

Deixe aqui os seus comentários e/ou perguntas.
Obrigada pela visita!